E-A-T. – Expertise, Authoritativeness and Trustworthiness.

Sem emprego, capital ou clientes! Sabe por quê?

 EAT! Sabe o que é isso? Então, não entre 2019 cometendo os mesmos erros deste ano! Vamos entender o milagre desse conceito e revolucionar a forma como você faz negócios, procura emprego ou busca investimento!

Vamos lá?

Não se engane! Apesar de E-A-T ser um conceito de SEO utilizado pelo Google para rankear websites em sua ferramenta de busca, ele é universalmente utilizado (mesmo que com outros nomes) no meio digital… principalmente nas redes sociais: LinkedIn, Facebook, Instagram e até YouTube. Impactando agressivamente, portanto, a forma como VOCÊ É VISTO por seus clientes, investidores ou potenciais recrutadores e empregadores.

E-A-T significa “Expertise, Authoritativeness and Trustworthiness”, do inglês:

  1. Perícia: conteúdo amplo, profundo e comprovado (por titulação ou experiência) que contribui com o meio social em que se insere;
  2. Autoridade: conteúdo referenciado (por fontes “confiáveis”); e
  3. Confiabilidade: conteúdo livre de “segundas intenções”.

Expertise (“Perícia”) em seu perfil no LinkedIn

Em primeiro lugar, posicione-se! Qual a sua carreira, em que você é bom e sobre o que você sabe e quer falar? No LinkedIn, você não é obrigado a produzir conteúdo mas, se o fizer, faça-o com “EXPERTISE”.

Vamos falar sobre isso? Você demonstra expertise no LinkedIn de 3 formas:

A1. Educação: reúna seus cursos e certificados relevantes e elenque-os devidamente nessa área. Esse conhecimento é o que lhe permite fundamentar teoricamente o que você escreve.

A2. Experiência: liste seu histórico profissional suprimindo todas as experiências que fugirem ao seu posicionamento – essa bagagem permite-lhe fundamentar, na prática, o que você escreve.

A3. Conteúdo (Artigos e Updates): sua produção no LinkedIn são os artigos (no Pulse) e updates (conhecidos como “posts”). Por hora (estamos falando do seu PERFIL), apenas escreva 1-2 bons artigos e 8-12 posts fantásticos por mês.

“Autoridade” no seu perfil do LinkedIn

Antes de mais nada, lembre-se que o LinkedIn tem um cálculo próprio, chamado SSI (Social Sales Index)  para medir a qualidade da sua atividade nessa rede social. Antes de prosseguir, esteja seguro de que você fez o que pode para alcançar a melhor pontuação em seu SSI (esse processo é lento!).

B1. Adicione pessoas relevantes (ao seu posicionamento);
B2. Interaja com a produção dessas pessoas (via likes e comentários);
B3. Produza bom conteúdo: relevante, inédito e divertido;
B4. AGUARDE QUE AS PESSOAS DO ITEM 2b1 INTERAJAM COM O SEU CONTEÚDO: o peso do seu like, cometário e compartilhamento é infinitamento maior para o seu SSI e para a sua autoridade!
B5. Recomende e peça recomendações das suas conexões selecionadas!

Leia os artigos 7 passos para um perfil campeão no LinkedIn e Você sabe qual é o seu SSI do LinkedIn e como melhorar seu resultado?  do especialista Rodrigo Moubar e prepare-se para o principal: networking!

(continua)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *